BANER

AS 05 MAIS ACESSADAS

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

SAUDADE: A NOSTALGIA DO RECORDAR.


Sentir saudade é algo gostoso, bom quem nunca sentiu? Sinto agora saudades do meu amor, da sua voz, da sua presença, do seu afago, do seu apoio, meu pai... que saudade, que aperto, que falta, que ausência...

Mas saudade pode ser também algo triste, nostálgico, pois saudade é a recordação e a nostalgia, sintomas do efeito de recordar. A saudade é o nome que damos ao ato de lembrar, recordar de eventos ocorridos, de pessoas ou de lugares. Algo que vimos ou ouvimos, que fizemos ou deixamos de fazer que uma vez executados ou não, nossa memória se encarregará de trazer os fatos para que possamos relembrar, e rever em nossa mente como se estivéssemos assistindo novamente o que aconteceu naquele momento ou quem gostaríamos de ver novamente.

Refletindo no ato de sentir saudade, é um desejo de ter, ver, ouvir, o que você não pode naquele momento satisfazer. Queremos mas não podemos, desejamos mas não possuímos, percebe esse contraste entre um e outro, entre desejo e a capacidade de cumprir esse desejo? Só podemos sentir saudade quando tínhamos, ouvíamos, compartilhávamos e agora só possuímos vontade, desejo não correspondido na intimidade desse relacionamento conjugal, familiar, ou de amizade.

Sentimos saudades de lugares em que estivemos e de coisas que possuíamos, mas que agora estão distante, longe do poder de tê-las novamente e de nunca mais poder ver. Sentimos saudades dos que já partiram e não podem voltar, dos que ficaram, mas que se encontram longe e distantes de nós.

Saudade desejo de estar perto quando se está longe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...